Perguntas para Drª Ilzemere

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Perguntas para Drª Ilzemere

Mensagem  Admin em Sex Maio 30, 2008 4:54 pm

Olá estou aqui para responder algumas perguntas e aconselhá-los no que precisar. Postem o tópico e eu responderei
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 3
Data de inscrição : 30/05/2008

Ver perfil do usuário http://advocacia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Perguntas para Drª Ilzemere

Mensagem  Felipejust em Sab Jan 16, 2010 11:54 pm

Olá. Estou com um grande problema.
Entrei na microway informatica. No primeiro dia que entrei o patrão me disse que era 3 meses de estágio e logo em seguida um registro na carteira. Hoje faz 9 meses que estou aqui na microway, trabalhando como estágiario, já reclamei e eles dizem que vão registrar, mas ainda nada. Trabalho na função de Orientador, meu horario é o seguinte : segunda das 8:00 hs da manhã as 13:00 hrs, terça das 8:00 hrs da manhã as 13:00 hs e volta as 18:00 e vai até as 22:00, de quarta, quinta e sexta das 8:00hrs as 12:00hrs, de sabado trabalho das 13:00 da tarde as 20:00(4hrs hora extra.).
Estou insatisfeito com o serviço pelo fato de estar ganhando 250,00 reais mensais, e tambem do tanto que é exigido da minha pessoa.
O que devo fazer? por favor me ajuda.

Felipejust

Mensagens : 1
Data de inscrição : 15/01/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Olá

Mensagem  Brisa em Ter Fev 02, 2010 12:24 am

Meu nome é Juliana, meu marido está preso e no lapso de todos os benefícios, a questão é...o advogado da casa onde el se encontra preso montou a Comutação de Pena não me lembro quando. E saiu na vec dia
25/01/2010 Execução Autos conclusos Cls.-J
25/01/2010 Execução Autos conclusos Cls-J
21/01/2010 Execução Autos no M.P
Me disseram que isso significa que ele ganhou o benefício, e dia 19/01/2010 foi montado o RA dele e o BI E foi protocolado semana passada.

Eu acho que ele ganhou a comutação e gostaria de saber se a comutação qd é montada e sempre pedido a redução de 1/4 da pena?

Aguardo a resposta.

Brisa

Mensagens : 1
Data de inscrição : 02/02/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ação de exoneração e Ação de alimentos

Mensagem  Ellenkmg em Ter Nov 16, 2010 4:10 pm

[
justify]Bom dia,
Por gentileza, gostaria que a Drª esclarecesse algumas dúvidas que me surgiram de acordo com o seguinte contexto:

" O Sr. Ronaldo pai de três filhos que correspondem a seguinte idades 24, 21 e 21 anos. Pretende entrar com o processo judicial de exoneração alimenticia. Porém os filhos que correspondem a faixa etária de 21 anos estudão em universidades cursando em periodo integral.

Sendo assim, a alegação do Sr. Ronaldo e de entrar com um processo juducial para exonerar a pensão que atualmente é depositada em uma conta gerenciada pela mãe destes, e em seguida abrir um novo processo para ceder o direito de pensão apenas aos filhos que possuem o direito em lei,sendo esta depositada em contas gerenciadas pelos mesmos."

Meus questionamentos são:
Será possível cancelar o abono alimentício aos filhos com faixa etária de 21, que estejem estudando em periodo integral?
Será possível em uma mesma seção judicial abordar os dois temas, ação de exoneração e ação de alimento em contas determinadas no processo?
Qual será o tempo estimado para este tramite acontecer? Neste período a pensão alimentícia será suspensa?
Se houver suspensão havera devolução?

Desculpe o incomodo, porém ficarei muito grata se obtiver respostas aos meus questionamentos.
Desde já agradeço pela sua disposição!
att: Ellen M.
G.



[/justify]

Ellenkmg

Mensagens : 1
Data de inscrição : 16/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

casa construída em terreno cedido por um parente

Mensagem  Bruno em Sab Jan 29, 2011 9:59 pm

Boa noite,Dra.

Gostaria de lhe solicitar assistência a respeito de uma casa construída em terreno cedido por um parente.

A história, resumida, é a seguinte:

Minha mãe, no ano de 1997, construiu uma casa em um terreno cedido pela irmã, pois não tínhamos lugar para construir ou morar. Segundo ela, poderíamos utilizar a casa enquanto fosse preciso.
Desde então, essa irmã vem esperando uma oportunidade para tirar esta casa da minha mãe, pois acha que é seu direito.
Em 2008, nos mudamos para outra cidade, pois eu me alistei na Força Aérea, onde estou até hoje, e minha mãe veio para me acompanhar.
Desde então, a casa está sem moradores, porém mobiliada e sendo utilizada por nós esporadicamente.
Moramos nesta outra cidade pagando aluguel e não temos nenhum bem em nosso nome. Não sou estabilizado, portanto, caso eu saia da Força Aérea, o único destino possível seria esta casa. E minha mãe não possui vencimentos fixos.
Em 2010, essa irmã começou a nos perturbar, fazendo o possível para nos prejudicar. Começou cortando a luz, que estava no nome do seu marido, e a água, que não estávamos pagando porque não utilizávamos.
Diga-se de passagem, apenas uma das 4 casas construídas no local é legalizada.
Agora, há alguns dias atrás, a filha dessa irmã mandou um e-mail para a minha mãe solicitando a chave da casa, pois eles estavam precisando, e disse também que a mãe "emprestou" a casa para a minha mãe, o que não foi o caso, pois minha mãe construiu essa casa. Não temos nota fiscal do material utilizado na construção, porém temos várias contas desde 1997(luz, telefone, entre outras), a maioria no nome da minha mãe, e testemunhas de que minha mãe construiu essa casa.
Ainda nos últimos dias, essa filha falou a uma prima em comum que consultou um advogado e este disse que ela poderia entrar a força nessa casa para "tomar posse",caso fizesse um Registro de Ocorrência ou algo do gênero, porém acho que isso é apenas pressão.

Acabada a história, gostaria de tirar as minhas dúvidas:
1- Essa história de poder invadir a casa e tomar posse graças a um Registro de Ocorrência, procede?
2- De fato, a quem pertence essa casa, ao dono do terreno ou a quem a construiu?
3- Há alguma forma dessa irmã tirar a casa da minha mãe?
4- Se sim, ela pode fazer isso antes de legalizar todas as casas?

Caso haja algo que eu deva fazer, gostaria que me desse as indicativas.

Desde já agradeço.
Tenha uma boa noite.

Bruno

Mensagens : 2
Data de inscrição : 29/01/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

TEMPO A DAR

Mensagem  maxwell em Qua Mar 02, 2011 12:16 pm

Olá

Necessito de uma ajuda, entrei para a empresa a 13 de Novembro de 2010, e estou a a pensar sair no fim do mês de Março.

Quanto tempo terei que avisar a entidade patornal e quanto tempo terei de dar á casa.

Obrigado..



maxwell

Mensagens : 2
Data de inscrição : 02/03/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aposentadoria

Mensagem  paulinhoaquino em Sex Abr 08, 2011 9:27 pm

Olá Drª Ilzemere, tudo bem?

Tenho uma duvida espero que possa me ajudar,
sou deficiente fisico (cadeirante) trabalho a 4 anos em uma empresa registrado
meu problema é muscular lentamente degenerativo, eu poderia me aposentar com o mesmo
salario que recebo? digito muito e esse tipo de serviço ja não estou conseguindo mais exerce-lo
o que poço fazer?

Grato

Paulo

paulinhoaquino

Mensagens : 1
Data de inscrição : 08/04/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Perguntas para Drª Ilzemere

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum