Inventário que não acaba mais Advogado enrolando e não termina

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Inventário que não acaba mais Advogado enrolando e não termina

Mensagem  antonio patrick moraes s em Seg Jun 06, 2011 1:13 am

Minha Avó morreu no dia 30/01/2000, e ficou meu Avô morando na casa era ele, minha avó, minha tia e meu tio, que ambos não possuiam suas casas. Minha tia é viúva e meu tio desquitado. Meu avô como era muito cabeça dura não queria dar entrada no inventário, com medo de colocarem ele para fora da casa dele. Eu que estava intermediando as negóciações falava direto para ele que iria ficar para o governo, pois um não tinha amizade um com outro, do lado de cá da família era minha mãe e uma outra tia minha, ao todo de herdeiros eram quatro pessoas, 3 mulheres e 1 homem, esse é deficiente. Após a morte de meu Avô no ano de 2004 passado 4 meses de sua morte minha outra tia que morava com meu avô meu falou que queria resolver esse negócio de inventário com medo de que fica-se tudo para o governo, e mais uma vez me tornei o intermediador das negóciações pois era o único que estava com amizade dos dois lados. E no meio de 2004 foi dada entrada no inventário, com uma declaração de probreza em um advogado particular o mesmo concordou em auxiliar-nos pois era amigo da família, todos assinaram e consentiram de que a casa que meu tio e minha tia morravam iria ficar para eles mesmos e que minha tia a mais nova iria ela por conta própria cuidar de meu tio deficiente e uma outra casa que era de menor valor iria passar a ser de minha mãe e de minha outra tia. Assim foi feito um acordo entre as partes e ficou determinado isso, os quatro assinaram inclusive o meu pai que era casdo com minha mãe, a única em união de casados. De lá pra cá o advogado só empurra com a barriga o processo e fala que vai terminar mais não termina, não tem mais brigas a muito tempo e já se completou 7 anos de inventário propriamente dito. Gostaria de saber como faço para tirar o caso desse advogado e passar para outro tentar resolver e esse inventário. Estou preocupado, pois comprei a parte que era de minha tia do inventário e estou com medo que o advogado fique com os dois imovéis, pois nunca termina,estamos caminhando já para o 8anos de inventário. Drª se for o caso a senhora poderá tomar o caso ou me indicar um advogado gabaritado como a senhora para assumir o caso.. Mas primeiro preciso saber como proceder sem que seja prejuidcado por parte desse advogado. Fico no aguardo de uma resposta da senhora. Muito obrigado por essa oportunidade.

antonio patrick moraes s

Mensagens : 1
Data de inscrição : 06/06/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum